X

Enciclopédia do aparelho digestivo

N > Náuseas e Vômitos
Especialidade: Gastroenterologia

O que são náuseas e vômitos?

Náusea é a sensação incômoda que se têm antes de vomitar. O vômito é o esvaziamento vigoroso do conteúdo do estômago através da boca.

Náuseas e vômitos são sintomas que podem acontecer com muitas condições, tais como:

  • gastroenterite
  • doença de movimento (enjôo do viajante)
  • intoxicação alimentar ou outras infecções
  • uso de álcool
  • úlceras gástricas ou duodenais
  • exposição a odores desagradáveis
  • gravidez
  • bulemia
  • traumatismo na cabeça
  • stress e ansiedade
  • distúrbios do ouvido interno (labirintite)
  • menstruação
  • medicamentos, em especial os quimioterápicos

Como é tratado?

O vômito pode proteger o corpo e se livrar de substâncias nocivas. No entanto, uma grande quantidade ou vômitos durante muito tempo podem conduzir à desidratação, que é a perda excessiva de líquido do corpo.

Tornar-se desidratado pode ser muito perigoso, especialmente para crianças, idosos, e algumas pessoas que têm outros problemas médicos. Para evitar isso, é necessário repor os líquidos perdidos.

Primeiramente você deve descansar o estômago por algumas horas e não comer nada sólido e beber apenas líquidos claros. Um pouco mais tarde você pode comer comidas leves e suaves que são fáceis de digerir.

Se você estiver vomitando muito, o melhor é tomar apenas pequenos goles freqüentes de líquidos claros. Beber muito de uma só vez pode causar mais vômito.

Líquidos claros que você pode beber são água, chá claros, água de côco e bebidas esportivas. Chupar pedaços de gelo ou picolés se você se sentir muito enjoado, pode ajudar.

Sua escolha de líquidos é importante. Se a água é o único líquido que você pode beber sem vomitar, tudo bem por algumas horas. No entanto, se você estiver tendo vômito por algumas horas, você deve substituir os minerais (sódio e potássio) que são perdidos quando você vomita. Estes minerais são também chamados de eletrólitos. Pergunte ao seu médico que bebidas esportivas ou bebidas de reposição de eletrólitos podem ajudá-lo a substituir estes minerais.

Evite líquidos que são ácidos (como suco de laranja) ou cafeinados (como o café, chá preto ou colas). Se você tiver diarréia, bem como náuseas ou vômitos, não beba leite.

É importante beber pequenas quantidades (1 a 4 goles), muitas vezes, para não ficar desidratado. Gradualmente ingerir maiores quantidades de fluidos claros. Se vomitar, esperar uma hora e, em seguida, comece de novo tomando pequenas quantidades de líquido.

Você pode começar a comer alimentos macios simples quando você não tiver mais vomitado por várias horas e for capaz de beber líquidos sem problemas.

Boas primeiras escolhas são:

  • bolachas de água e sal
  • macarrão simples
  • arroz
  • batatas cozidas ou purê
  • gelatina

Coma devagar e evite alimentos que são ácidos, condimentados, gordurosos, ou fibrosos (como carnes, grãos grosseiros, e vegetais crus). Além disso, evite alimentos muito quentes ou frios. Se estiver com diarréia, evitar os produtos lácteos. Você pode começar a comer a sua dieta normal novamente em 3 dias ou mais, quando todos os sinais do problema passaram.

Repouso, tanto quanto possível. Sente-se ou deite-se com a cabeça apoiada. Não tome aspirina, diclofenaco ou outros anti-inflamatórios não esteróides (AINE) sem verificar com o seu profissional de saúde. Estes medicamentos podem fazer os seus sintomas estomacais piorarem.

Se você vem tendo vômitos por mais de um dia ou diarréia por mais de 3 dias, você pode precisar de um exame medico para avaliar a desidratação. Se você está muito desidratado, pode precisar de fluidos por via intravenosa (IV). Em crianças e adultos mais velhos a desidratação pode rapidamente tornar-se uma ameaça à vida.