X

Enciclopédia do aparelho digestivo

H > Hepatite B
Especialidade: Hepatologia

O que é hepatite B?

A hepatite B é uma infecção viral do fígado. O fígado fica inflamado, inchado e eventualmente doloroso na fase aguda. A hepatite B é um tipo sério, por vezes grave de hepatite.

Como isso ocorre?

A hepatite B é causada pelo vírus da hepatite B. O contato se da pelo contato com o sangue ou outros fluidos corporais de alguém que tem hepatite B.

Por exemplo:

  • ter sexo desprotegido com alguém que está infectado
  • compartilhamento de agulhas para injeção de drogas
  • ter colocado piercing ou ter feito uma tatuagem permanente com equipamento não esterilizado
  • ter sido exposto a sangue no trabalho, se você é um profissional de saúde.

A doença pode ser transmitida por pessoas que não têm quaisquer sintomas e não sabem que carregam o vírus. Estas pessoas são chamadas de portadores assintomáticos. Por causa de métodos de rastreio nas doações de sangue, atualmente é raro pegar hepatite B a partir de uma transfusão de sangue. Uma mulher grávida pode passar a infecção ao seu bebê se ela está infectada, quando a criança nasce.

Quais são os sintomas?

Você pode não ter quaisquer sintomas de hepatite por várias semanas ou meses após a infecção com o vírus. Pode também não ter qualquer sintoma durante a vida toda.

Se você tiver sintomas, eles podem incluir:

  • pele e olhos amarelados (icterícia)
  • cansaço
  • urina escura
  • dor abdominal
  • perda de apetite
  • náuseas e vômitos
  • dor nas articulações
  • febre

Como é feito o diagnóstico?

Seu médico irá perguntar sobre seu histórico médico e sintomas. Importante é o seu histórico de fatores de risco da hepatite, como uso de drogas injetáveis ou o sexo desprotegido.

Exames de sangue são realizados para identificar o vírus que está causando os sintomas e testes para ver se o seu fígado está funcionando normalmente. Você pode precisar ter que fazer uma biópsia do fígado para verificar se há danos.

Como é tratada?

O tratamento vai depender se a sua infecção por hepatite B é nova (aguda) ou está em andamento (crônica).

Se a infecção é aguda, o tratamento habitual é repouso e uma dieta saudável. Muitas pessoas são capazes de combater o vírus em algumas semanas. Seu médico irá recomendar que você evite o álcool por pelo menos 6 meses. Como é causada por um vírus, os antibióticos não são úteis. Normalmente não é necessário ficar no hospital. Se você ficar muito desidratado por náuseas e vômitos, você pode precisar ir para o hospital para receber soro.

Se você tem a forma crônica da hepatite B, significa que o seu corpo não foi capaz de combater o vírus com sucesso, e você pode estar em risco de lesão hepática grave. Neste caso, você precisa de acompanhamento médico cuidadoso e eventualmente de medicamento antiviral. Medicamentos antivirais podem diminuir ou parar o vírus de danificar o fígado. Você poderá ser tratado com mais de um medicamento. O objetivo do tratamento não é apenas fazer você se sentir melhor, mas também evitar danos ao seu fígado.

Se você tem lesões no fígado pela hepatite B, você precisa se proteger de outros vírus que danificam o fígado. Você deve se vacinar contra a hepatite A e ser testado para a hepatite C. Não há vacina para a hepatite C, mas é importante para o seu médico saber se você está infectado com os dois vírus B e C, pois isto pode alterar o seu plano de tratamento. Os médicos continuam a procurar as melhores formas de tratar a hepatite B. Você deve discutir possíveis novos tratamentos com o seu médico.

Como é a evolução da doença?

Na fase aguda os sintomas geralmente duram algumas semanas e depois desaparecem quando o vírus foi eliminado pelo organismo.

Algumas pessoas desenvolvem a forma crônica da doença. Isto significa que o vírus mantém-se no fígado. A permanência do vírus leva a um processo de hepatite crônica que pode causar danos ao fígado com formação de cicatriz. Este tecido cicatricial no fígado é chamado cirrose. A infecção e dano podem até mesmo causar insuficiência hepática. Seu médico irá testar seu sangue em suas consultas de acompanhamento para verificar sinais de doença hepática crônica.

A hepatite B crônica aumenta o risco de câncer de fígado, sendo por isto necessário o acompanhamento médico com exames de rotina.

Um transplante de fígado é um possível tratamento para um fígado com cirrose.

Como posso me cuidar?

  • Mantenha suas consultas de acompanhamento sempre que solicitado pelo seu médico.
  • Siga as instruções do seu médico sobre descanso, dieta e tomada dos remédios para os seus sintomas. Você precisa evitar tomar medicamentos que podem danificar mais o fígado (por exemplo, paracetamol).
  • Não ingerir bebidas alcoólicas.

O que pode ser feito para ajudar a prevenir a propagação da hepatite B?

A hepatite B é muito contagiosa por 2 a 6 semanas antes de começar a ter sintomas. E continua sendo contagiosa por algum tempo depois de começar a ter sintomas. Depois de ter sido diagnosticado, seu médico vai querer fazer o seu acompanhamento. Algumas pessoas que adquirem a hepatite B tornam-se portadores crônicos do vírus, o que significa que eles podem infectar outras pessoas, mesmo depois de se sentir completamente recuperado. Um exame de sangue pode descobrir se você é um portador crônico.

Para evitar a propagação da doença para outras pessoas:

  • Não deixe que seus fluidos corporais, incluindo saliva, entre em contato com outros.
  • Limpe qualquer sangramento ou manchas de sangue
  • Cubra seus cortes e feridas abertas.
  • Não compartilhar qualquer coisa que possa ter contato com sangue, como agulhas, escovas de dente e lâminas de barbear.
  • Evite contato sexual desprotegido com outras pessoas. Se você está em um relacionamento de longo prazo com um parceiro, pergunte ao seu médico se você precisa estar usando preservativos.
  • Não doar sangue, órgãos do corpo ou esperma.

Três doses de vacina podem prevenir a infecção contra o vírus da hepatite B.

Todas as pessoas que moram com você devem tomar a vacina. Na verdade, é recomendável que todos os adultos ainda não imunizados contra a hepatite B se vacinem. Principalmente para pessoas que têm um elevado risco de hepatite, tais como:

  • trabalhadores da saúde
  • trabalhadores de segurança pública que trabalham com usuários de drogas ou que estão expostos a sangue
  • parceiros sexuais de pessoas que carregam o vírus

Todas as crianças devem receber vacina de hepatite B. Adolescentes e jovens adultos também são incentivados a obter a vacina se não fizeram na infância. Pergunte ao seu médico se você precisa de vacina para hepatite B.

Preocupações especiais existem se você está grávida e tem hepatite B ou tem risco de contrair hepatite.

  • Se você não tem hepatite B, mas o seu médico determinar que você tem uma chance maior de ser infectada com o vírus, este pode recomendar que você tome a vacina de hepatite B para prevenir a infecção. Embora seja melhor para obter a vacina antes da gravidez, pode ser dado com segurança durante a gravidez.
  • Se você tem hepatite B, então você pode precisar de mais testes de sangue para determinar a possibilidade de que seu bebê tenha hepatite.
  • Para um bebê nascido de uma mãe infectada deve ser administrada HBIG (imunoglobulina pra hepatite B) e a primeira dose da vacina da hepatite no prazo de 12 horas após o nascimento. Isso irá prevenir o bebê de ter hepatite B e de se tornar um portador do vírus da hepatite.
  • Se você tem uma infecção ativa B da hepatite, pergunte ao seu médico sobre amamentar seu bebê.